Recuperação de Crédito Pedir nome emprestado para fazer compras a crédito

Pedir nome emprestado para fazer compras a crédito

Recuperação de Crédito Pedir nome emprestado para fazer compras a crédito

Entenda porque essa prática não é recomendada e saiba as consequências que ela pode trazer para a sua vida social e financeira.


Se um amigo ou familiar lhe pedisse o nome emprestado para fazer uma compra a crédito você emprestaria? Provavelmente sim para não perder a amizade, não é mesmo?

Uma recente pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que essa situação é mais comum do que se imagina e quase 40% dos consumidores brasileiros já pediram o nome de alguém emprestado para fazer compras a crédito. O motivo? Nome sujo na praça!

O grande problema é que normalmente esses pedidos são para comprar supérfluos, como roupas e calçados, ou seja, coisas que uma pessoa economicamente ativa teria condições de adquirir sem recorrer a terceiros, mostrando assim o seu despreparo para administrar a vida financeira.

Vai pedir o nome de alguém emprestado para comprar a crédito? É melhor pensar melhor...


Segundo especialistas, antes de pedir o nome emprestado é necessário se fazer quatro perguntas: o nome emprestado vai ser útil para pagar alguma dívida anterior e limpar o meu nome ? A pessoa a quem vou pedir o nome emprestado está ciente da minha real situação? Eu conseguirei pagá-la em dia? A compra é realmente indispensável agora?

Se a resposta for não para qualquer uma dessas perguntas, certamente é hora de repensar as suas atitudes e procurar uma alternativa para recuperar o crédito ao invés de se atolar em mais dívidas.

Nesse momento é importante também se colocar no lugar do outro e considerar em como irá se sentir a pessoa para quem você pedirá o nome emprestado e em como esse pedido poderá  afetar a relação entre vocês no futuro.

O crédito é algo extremamente pessoal e ao pedir o nome de alguém emprestado para fazer compras a crédito, por mais próxima que a pessoa seja, é provável que o pedido cause certo constrangimento, principalmente pela responsabilidade que essa gentileza trará para ela. Lembre-se que ao lhe emprestar o seu nome ela estará assumindo a dívida que você irá fazer e responderá por isso financeira e juridicamente caso você não consiga honrar o compromisso por algum imprevisto.

Por isso, a dica é simples: se você tem restrição no seu crédito, busque uma maneira de limpar o seu nome e quitar suas antigas dívidas ao invés de fazer novas e comprometer outra pessoa.

Já se você está do outro lado e alguém pediu o seu nome emprestado para comprar a crédito, seja firme: a melhor forma de ser realmente um bom amigo é dizer não e ajudá-la a negociar as suas dívidas com os credores. 



ENVIE SUA MENSAGEM

Preencha todos os campos abaixo
para agilizar o seu atendimento

CONTATO

Rua Onze de Agosto, 56

91020-050 Porto Alegre, RS

+55 (51) 3027 2900

Rua Teófilo Otoni, 63 - 9º andar

Centro - Rio de Janeiro / RJ - 20090-080

+55 (21) 2271 2061

(51) 3027 2900 / contato@hoepers.com / 0800 727 3159